Aeronave desaparecida

Olá Comandantes.

O texto abaixo foi enviado pela Abraphe

Prezados associados,

Fomos informados que há uma aeronave R66 desaparecida desde o dia 03/01/2013 na região da represa de Paraíbuna.

Trata-se da aeronave PR-DUB que decolou do aeroporto de São José dos Campos – SBSJ as 14:46 – Horário Local, com destino a Ilha Bela – SJDO.

Segundo informações, o “plot” da aeronave sumiu das telas do radar na RDL 116 do VOR de SJC a 16NM de distância. A mesma estava a 500 pés de altura.

As coordenadas do pontos são as seguintes: S 23 15 22 / W 045 33 24.

Haviam 02 pessoas a bordo.

Solicitamos aos pilotos que sobrevoarem a região que mantenham a atenção às aeronaves do SALVAERO efetuando os padrões de busca, bem como, ficarem atentos para qualquer sinal da aeronave.

Caso alguém tenha alguma informação a respeito, por favor entrem em contato conosco nos telefones: 11-2221-2681 / 11-99291-1685.

Estamos a disposição para maiores informações que se fizerem necessárias

Se alguém souber de algo se manifeste por favor.

Até o próximo

Pin It

2 thoughts on “Aeronave desaparecida

  1. Antonio Carlos Costa 13 de janeiro de 2013 at 19:43 -

    Gostaria de saber se através das coordenadas informadas acima se existe a possibilidade de busca por terra, ou se o local é de dificil acesso, pois os ocupantes do helicoptero em questão são os diretores da empresa que trabalho e estamos todos desesperados com a falta de informações, pois trata-se de pessoas da mais nossa alta estima e consideração.

  2. silvio monteiro júnior 13 de janeiro de 2013 at 22:15 -

    Ressalto que, após ser determinada a Área de Probabilidade Genérica (APG) nenhuma aeronave deve adentrar esse espaço aéreo sem o PRÉVIO conhecimento e coordenação do Centro de Coordenação de Salvamento (RCC-SALVAERO) encarregado da prestação do Serviço SAR.
    Assim, a fim de manter a integridade e celeridade do processamento de qualquer informação pertinente, a mesma deve ser direcionada, nesse caso, diretamente ao RCC Curitiba (41-32568008).
    obrigado.

Deixe uma resposta